(81) 3366-2414/ 2434 centralderelacionamento@compesaprev.com.br
(81) 3366-2414/ 2434 centralderelacionamento@compesaprev.com.br

Reforma da Previdência nem entrou em vigor e regras do INSS vão mudar

PEC paralela pode ser votada na CCJ do Senado. Entre as alterações, transição suave para mulheres

Nem foi promulgada pelo Congresso para entrar em vigor, a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 6, que tratou da Reforma da Previdência já vai mudar. Amanhã o Senado vai avaliar uma PEC paralela, que prevê, entre outras coisas, regras mais suaves de transição para mulheres, mudança no tempo mínimo de contribuição para homens que vão entrar agora no mercado de trabalho, conversão de tempo especial, mudança na cotas no caso de pensão por morte, aumento do percentual inicial no caso de aposentadoria por invalidez e as regras para estados e municípios.

A proposta, que foi feita para não atrasar o início das novas regras da Previdência, deve ser votada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado na quarta-feira. Neste mesmo dia, ela poderá ser votada no plenário do Senado e enviada para a análise da Câmara dos Deputados.  “Espero que PEC paralela corrija os absurdos que estão na reforma”, criticou Adriane Bramante, presidente do Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário (IBDP).Clique aqui para continuar lendo.

Fonte: https://istoe.com.br/reforma-da-previdencia-nem-entrou-em-vigor-e-regras-do-inss-vao-mudar/