Atendimento telefônico: (81) 3366.2418/ (81) 3366.2434 (de segunda a sexta, das 8h às 16h).
Atendimento pelo whatsapp: (81) 33662414 (de segunda a sexta, das 8h às 16h).
Correio eletrônico: centralderelacionamento@compesaprev.com.br.

Atendimento Posto Compesa Cruz Cabugá: (81) 3412-9035.
Horário de atendimento: segunda a sexta das 08h às 13h e das 14h às 16h.

Indicação de Urgência / Emergência Rede Credenciada:(81) 9.9293.0686 / (81) 9.9725.0600 (Números disponíveis de segunda à sexta, fora do horário de atendimento. Nos sábados, domingos e feriados 24 horas.).

Atendimento telefônico: (81) 3366.2418/ (81) 3366.2434 (de segunda a sexta, das 8h às 16h).
Atendimento pelo whatsapp: (81) 33662414 (de segunda a sexta, das 8h às 16h).
Correio eletrônico: centralderelacionamento@compesaprev.com.br.

Atendimento Posto Compesa Cruz Cabugá: (81) 3412-9035.
Horário de atendimento: segunda a sexta das 08h às 13h e das 14h às 16h.

Indicação de Urgência / Emergência Rede Credenciada:(81) 9.9293.0686 / (81) 9.9725.0600 (Números disponíveis de segunda à sexta, fora do horário de atendimento. Nos sábados, domingos e feriados 24 horas.).

Nova Previdência, que inclui os servidores de estados e municípios, chega à reta final

O Senado pretende concluir esta semana as discussões sobre as mudanças nas regras de aposentadoria, tema que praticamente monopolizou a agenda do Poder Legislativo em 2019. O presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP) marcou sessão para votação amanhã. O primeiro item da pauta para o plenário da Casa é a chamada Proposta de Emenda à Constituição Paralela da Previdência (PEC- 133/19), que prevê a inclusão dos servidores públicos de estados e municípios no novo sistema de aposentadorias que foi promulgado pelo Congresso na semana passada.

Além das emendas ao texto principal, os senadores pretendem votar também o texto em segundo turno e enviado para análise da Câmara dos Deputados. Entre os deputados, no entanto, a expectativa é de que a proposta enfrente resistência maior, uma vez que envolverá disputas locais e pode se arrastar por 2020, ano de eleição municipal.


Veja mais em https://www.em.com.br/app/noticia/politica/2019/11/18/interna_politica,1101792/nova-previdencia-inclui-servidores-estados-municipios-reta-final.shtml