(81) 3366-2414/ 2434 centralderelacionamento@compesaprev.com.br
(81) 3366-2414/ 2434 centralderelacionamento@compesaprev.com.br

Segurança para os informais: veja como fazer sua própria previdência

A sabedoria popular ensina que é preciso poupar enquanto há, não havendo, poupado está. No último levantamento realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) ficou comprovado que o número de pessoas atuando no mercado informal bateu o recorde da série histórica, iniciada em 2012, alcançando 24,2 milhões de pessoas. Estar na informalidade não precisa implicar, no entanto, na perda de benefícios sociais pagos pelo INSS ou plano de saúde.

De acordo com o advogado e professor de Direito Previdenciário, Lucas Muhana Dáu Costa, uma pessoa não precisa estar contratado pela Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) para ter direito à Previdência Social, afinal, o sistema é contributivo. “Para ter direito aos benefícios previdenciários é preciso contribuir para o sistema. O trabalhador informal, geralmente, se enquadra como segurado contribuinte individual, o antigo autônomo, cuja contribuição para a Previdência é obrigatória. Leia mais.

Fonte:https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/seguranca-para-os-informais-veja-como-fazer-sua-propria-previdencia/