Atendimento telefônico: (81) 3366.2418/ (81) 3366.2434 (de segunda a sexta, das 8h às 16h).
Atendimento pelo whatsapp: (81) 33662414 (de segunda a sexta, das 8h às 16h).
Correio eletrônico: centralderelacionamento@compesaprev.com.br.

Atendimento Posto Compesa Cruz Cabugá: (81) 3412-9035.
Horário de atendimento: segunda a sexta das 08h às 13h e das 14h às 16h.

Indicação de Urgência / Emergência Rede Credenciada:(81) 9.9293.0686 / (81) 9.9725.0600 (Números disponíveis de segunda à sexta, fora do horário de atendimento. Nos sábados, domingos e feriados 24 horas.).

Atendimento telefônico: (81) 3366.2418/ (81) 3366.2434 (de segunda a sexta, das 8h às 16h).
Atendimento pelo whatsapp: (81) 33662414 (de segunda a sexta, das 8h às 16h).
Correio eletrônico: centralderelacionamento@compesaprev.com.br.

Atendimento Posto Compesa Cruz Cabugá: (81) 3412-9035.
Horário de atendimento: segunda a sexta das 08h às 13h e das 14h às 16h.

Indicação de Urgência / Emergência Rede Credenciada:(81) 9.9293.0686 / (81) 9.9725.0600 (Números disponíveis de segunda à sexta, fora do horário de atendimento. Nos sábados, domingos e feriados 24 horas.).

Pode Perguntar: pessoas com problemas de saúde tiram dúvidas sobre auxílio-doença

A advogada Paula Diniz, especialista em previdência, responde a perguntas de telespectadores do quadro nesta quarta-feira (1º).

O quadro Pode Perguntar desta quarta-feira (1º) esclarece dúvidas sobre as dificuldades de pessoas que enfrentam problemas de saúde e tentam obter o auxílio-doença. A advogada Paula Diniz, especialista em previdência, fala sobre o assunto.

1- Valéria Pesalacia de Mello faz tratamento contra a leucemia, pegou Covid-19 e está com o auxílio-doença suspenso. Ela quer saber se consegue novamente o benefício, porque gasta muito com medicamentos.

Paula Diniz: No caso da dona Valéria, ela precisa agora entrar com uma medida judicial porque já esgotou todas as vias administrativas. Ela já fez todos os recursos dentro do INSS que eram possíveis para que pudesse receber o auxílio-doença ou até mesmo aposentadoria por invalidez. Então a medida que ela tem que adotar agora é procurar a Justiça, procurar o Poder Judiciário para que tenha reconhecido o direito ou ao afastamento, auxílio-doença, ou até mesmo a uma aposentadoria por invalidez.

Saiba mais: https://g1.globo.com/sp/ribeirao-preto-franca/pode-perguntar/noticia/2021/09/01/pode-perguntar-pessoas-com-problemas-de-saude-tiram-duvidas-sobre-auxilio-doenca.ghtml

ENDEREÇO

Endereço Sede: Rua Augusto Rodrigues, 60 - Torreão, Recife - PE, Brasil - CEP.: 52.030-215

Ouvidoria: (81) 3366-2421

Atendimento presencial:

Atendimento telefônico Central de Relacionamento: (81) 3366.2418/ (81) 3366.2434 (de segunda a sexta, das 8h às 16h).

Encarregado de Proteção de Dados/DPO:
Pitter Renato Tavares da Silva
Contato: dpo@compesaprev.com.br

Atendimento Sede: segunda a sexta

CNPJ: 12.585.261/0001-08